Frete Grátis Sul e Sudeste nas Compras Acima de R$260,00; Frete Fixo para região Sul e Sudeste (R$ 11,50); Parcelamento em até 10x; Entregamos em todo o Brasil
Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio
O que você está procurando?
x

Categoria Blog

Introdução Alimentar

Publicado em 30.06.2023 |
Visualizações
39 visualizações

INTRODUÇÃO ALIMENTAR 

 
A introdução alimentar é um momento importante para os bebês, pois é quando eles começam a experimentar novos sabores e alimentos além do leite materno ou fórmula infantil. É recomendado que a introdução alimentar comece a partir dos 6 meses de idade, mas pode variar de acordo com a orientação do pediatra. 
 
 O objetivo da introdução alimentar é apresentar os alimentos de forma gradual, permitindo que o bebê desenvolva habilidades de mastigação, deglutição e digestão. Além disso, a introdução alimentar também ajuda a fornecer nutrientes importantes para o crescimento e desenvolvimento do bebê. 
 
Antes de começar a introdução alimentar, é importante observar se o bebê está pronto. Sinais de prontidão incluem a capacidade de sentar-se com suporte, interesse por alimentos sólidos e perda do reflexo da língua extrusiva. É importante não iniciar a introdução alimentar muito cedo, pois isso pode aumentar o risco de alergias e problemas digestivos. 
 
Os primeiros alimentos oferecidos devem ser fáceis de digerir e semelhantes em textura ao leite materno ou fórmula infantil. Alguns exemplos incluem cereais infantis, frutas e legumes amassados com um garfo, e purê de batata. É importante introduzir apenas um novo alimento por vez, com intervalos de alguns dias entre cada novo alimento, para observar possíveis reações alérgicas. 
 
Com o tempo, os pais podem começar a oferecer alimentos com texturas mais variadas, como pedaços macios de frutas e legumes ou alimentos com consistência pastosa. É importante supervisionar o bebê durante as refeições para garantir que ele esteja mastigando e engolindo corretamente. 
 
Os pais também devem estar atentos aos sinais de saciedade do bebê, como virar a cabeça ou fechar a boca. Nunca force o bebê a comer mais do que ele quer, e evite alimentos açucarados ou salgados. É importante começar com alimentos fáceis de digerir e introduzir gradualmente novos alimentos. Os pais devem estar atentos aos sinais de prontidão e saciedade do bebê, e sempre consultar o pediatra em caso de dúvidas ou preocupações.  
 
 
QUAIS ALIMENTOS OFERECER PRIMEIRO E COMO INTRODUZIR GRADUALMENTE NOVOS ALIMENTOS NA DIETA DO SEU BEBÊ? 
 
Introduzir alimentos sólidos na dieta do seu bebê é um momento emocionante, mas também pode ser um pouco assustador. É importante saber quais alimentos oferecer primeiro e como introduzir gradualmente novos alimentos para garantir que seu bebê esteja recebendo a nutrição adequada e evitando possíveis alergias. Neste artigo, vamos compartilhar algumas dicas para ajudá-lo a começar. 
  
Quais alimentos oferecer primeiro? 
Os especialistas recomendam oferecer primeiro cereais infantis fortificados com ferro, como arroz ou aveia, seguidos de purês de frutas e legumes. Os cereais infantis são uma excelente fonte de ferro, um nutriente essencial para o desenvolvimento do cérebro e do corpo do bebê. As frutas e legumes são ricos em vitaminas e minerais, além de ajudarem a desenvolver o paladar do seu bebê. 
  
Como introduzir gradualmente novos alimentos? 
É importante introduzir novos alimentos gradualmente, um de cada vez, para que você possa identificar possíveis alergias ou intolerâncias alimentares. É recomendado esperar cerca de três dias antes de introduzir um novo alimento. Se o seu bebê tiver uma reação alérgica, como erupção cutânea, vômito ou dificuldade para respirar, pare de oferecer o alimento imediatamente e entre em contato com o médico do seu bebê. 
 
Aqui estão algumas dicas para ajudar a introduzir novos alimentos gradualmente: 
  
1. Comece com pequenas porções - ofereça uma colher de chá de cada vez para começar. 
  
2. Misture novos alimentos com alimentos já conhecidos - misture um novo purê de frutas ou legumes com um alimento que seu bebê já conhece e gosta. 
  
3. Passe de purê para alimentos sólidos - uma vez que o seu bebê esteja confortável com purês, você pode começar a oferecer alimentos sólidos, como macarrão, arroz ou pedaços de frutas e legumes. 
 
4. Ofereça alimentos com diferentes texturas - comece com alimentos macios e depois introduza alimentos mais duros.5. Ofereça alimentos de diferentes cores - isso ajudará a garantir que seu bebê esteja recebendo uma variedade de vitaminas e minerais. 
  
Introduzir alimentos sólidos na dieta do seu bebê pode ser um processo divertido e emocionante. Certifique-se de oferecer cereais infantis fortificados com ferro, purês de frutas e legumes e, em seguida, introduzir novos alimentos gradualmente. Lembre-se de esperar cerca de três dias antes de introduzir um novo alimento e estar atento a possíveis reações alérgicas. Com essas dicas, você pode garantir que seu bebê esteja recebendo a nutrição adequada e desenvolvendo um paladar saudável. 

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.